Header Ads

16 anos do Ataque de 11 de setembro de 2001


Os ataques ou atentados terroristas de 11 de setembro de 2001 (às vezes, referido apenas como 11 de setembro) foram uma série de ataques suicidas contra os Estados Unidos coordenados pela organização fundamentalista islâmica al-Qaeda em 11 de setembro de 2001.

Na manhã daquele dia, dezenove terroristas sequestraram quatro aviões comerciais de passageiros.

Os sequestradores colidiram intencionalmente dois dos aviões contra as Torres Gêmeas do complexo empresarial do World Trade Center, na cidade de Nova Iorque, matando todos a bordo e muitas das pessoas que trabalhavam nos edifícios. Ambos os prédios desmoronaram duas horas após os impactos, destruindo edifícios vizinhos e causando vários outros danos.

O terceiro avião de passageiros colidiu contra o Pentágono, a sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, no Condado de Arlington, Virgínia, nos arredores de Washington, D.C. O quarto avião caiu em um campo aberto próximo de Shanksville, na Pensilvânia, depois de alguns de seus passageiros e tripulantes terem tentado retomar o controle da aeronave dos sequestradores, que a tinham reencaminhado na direção da capital norte-americana. Não houve sobreviventes em qualquer um dos voos.

Os Estados Unidos relembram nesta segunda-feira (11) o 16º aniversário dos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001 que mataram quase três mil pessoas e foram cometidos pela rede Al-Qaeda, de Osama bin Laden. Naquele dia, dois aviões foram jogados contra cada uma das torres do World Trade Center, em Nova York, fazendo os prédios desabarem.

Outro avião atingiu a sede do Pentágono minutos mais tarde, nos arredores de Washington D.C.. Uma quarta aeronave se dirigia para a capital norte-americana, mas os passageiros conseguiram reagir aos sequestradores e derrubaram o avião em um campo aberto na Pensilvânia.

O episódio é um dos mais sangrentos da história dos Estados Unidos e o maior atentado terrorista já registrado em solo americano. Os atentados de 11/9 fizeram os EUA invadir o Afeganistão, lançando uma guerra contra os grupos terroristas que até hoje perdura no Ocidente e na Europa.

O presidente norte-americano, Donald Trump, e a primeira-dama Melania se preparam para participar das celebrações em homenagem às vítimas programadas para ao longo do dia.

O casal participará da cerimônia de 1 minuto de silêncio na Casa Branca e depois irá para o Pentágono, onde o secretário de Defesa, Jim Mattis, liderará uma outra homenagem.

Por sua vez, o vice-presidente Mike Pence comparecerá em um cerimonial em Shanksville.