Header Ads

Alguns cuidados para curtir sua festa junina com segurança


O São João chegou e com ele o previsto aumento no numero de ocorrências envolvendo o manuseio inadequado do fogo. 

A cultura junina no Brasil embeleza seus festejos com fogueiras, fogos de artificio e o tão combatido balão, dentre outras praticas. 

De uma forma ou de outra, todos acabam se envolvendo com o emprego do fogo nessa época: as crianças, sempre encantadas com a beleza, o barulho e a surpresa dos artefatos e os adultos, sempre preocupados com a segurança das crianças ou ate diretamente ligados ao acendimento de fogueiras ou com a soltura de balões. 

Visto que se trata de uma tradição secular, mais vale orientar do que tentar coibir o uso desses materiais. 

Dai vão algumas dicas:

Não incentive nem pratique a soltura de balões: Eles podem provocar incêndios urbanos e florestais, alem de serem um perigo potencial para aeronaves.

Cuidado com os fogos: 

1) Não segure rojão com as mãos! Prenda-o em uma armação, cerca ou muro; 

2) Não tente acender fogos que falharam. Ao contrario, eles representam maior perigo. Assim, guarde- os em um recipiente com água, juntamente com os que já foram utilizados; 

3) Verifique a procedência, certificação dos fogos que você adquirir.

Cuidado com o manuseio de álcool ou outros inflámaveis: Opte pelo álcool em gel, se for imprescindivel o uso.

Fogueiras não devem ser acesas próximo a redes elétricas e devem usar pouca madeira, para evitar chamas de grande intensidade.

Muito cuidado com as crianças: Nunca as deixe sozinhas e acompanhe de perto a soltura de fogos, que devem ser adequados conforme a idade: crianças só podem manusear fogos tipo A (chuvinha, chumbinho); adolescentes o tipo B (traques e cobrinhas) e adultos maiores de 18 anos o tipo C (rojões e bombas). 

Em caso de duvidas, siga as recomendações de uso e idade contidas na embalagem do produto.

Boas festas e muito cuidado! Lembre-se que um acidente pode acabar com qualquer alegria.

Fonte: Profissão Bombeiro